terça-feira, 29 de janeiro de 2013

0

Sorria menina


Então, que seja doce. Repito todas as manhãs, ao abrir as janelas para deixar entrar o sol ou o cinza dos dias, bem assim: que seja doce. Quando há sol, e esse sol bate na minha cara amassada do sono ou da insônia, contemplando as partículas de poeira soltas no ar, feito um pequeno universo, repito sete vezes para dar sorte: que seja doce que seja doce que seja doce e assim por diante. Mas, se alguém me perguntasse o que deverá ser doce, talvez não saiba responder. Tudo é tão vago como se fosse nada. Caio Fernando Abreu

Abre novamente a tua janela, a tempestade já cessou, 
deixa por ela passar os raios de luz que trazem esperança.
Apronta teus sapatos vermelhos para uma nova caminhada. 
Esquece os espinhos,você já passou por eles e está viva não esta?
 Mesmo que não esteja inteira. 
Junta essas partes e vem, só não posso garantir que a estrada daqui 
pra frente sempre será a melhor , ha sempre uma nuvenzinha que se forma cinza nos momentos que a gente não espera , mas é preciso, 
essas chuvas trazem renovação, 
grava esse teu sorriso no rosto, apanha tua bagagem , 
teu guarda-chuva e
segura com as duas mãos esse futuro que é teu. 

Por: Indiane Souza 

Nenhum comentário:

Postar um comentário