segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

0

Colorful dreams

 


Mantenho meus sonhos antigos: os que um dia surgiram e continuaram,

e mesmo aqueles que não mais sentidos. Já sonhei com o México 
e o sotaque bonito de quem nasceu lá. Sonhei com a Irlanda e seus grandes 
campos, Seattle e suas chuvas, Boston e a universidade. 
Também sonhei com a terra média, cheia de elfos, de orelhas pontudas, 
e hobbits de pés grandes. Hogwarts e varinhas de azevinho com
penas de Fênix. Mais recentemente, com as florestas úmidas de Forks 
e vampiros de olhos dourados.


Hoje vivo sonhado, principalmente quando preciso , quando a rotina sufoca 

e sinto saudade (já que mesmo irreal eles me fazem falta), fecho os olhos
e posso sentir qualquer coisa: frio, calor, ou murmúrios de encantamentos. 
Meus sonhos são mais que mera imaginação. Além de manter a esperança viva,
também me relaxam de uma maneira mais eficaz do que muitas coisas do mundo real. 


Por: Rebeca Brito.


Nenhum comentário:

Postar um comentário