quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

0

My biggest intruder




Agora estou eu aqui sentada.O sol preparasse para se por e a lua já aponta no meio do Céu.
Estou sozinha, só meus pensamentos me fazem companhia.E entre eles esta você

Como um intruso a roubar a cena e me fazer sonhar acordada. Mas você se esconde, sua face não me é revelada. Como posso lutar contra algo que não conheço? Deve ser porque não quero.
Mas te conheço bem. você esta ali o tempo todo.

Então você venceu! 
Fecho os olhos te procurando, passam e repassam cenas que tivemos juntos como flashes que contem uma melodia. Um doce fundo musical, ainda de olhos fechados sinto a brisa e os últimos raios de sol me tocarem.
Não posso telo aqui mas onde estiver sei que esse mesmo sopro te envolve. Mas de nada me serve tantas lembranças se não posso telo perto.Ainda que elas tomassem a forma dos teus braços e me abraçassem

Não seria o suficiente para suprir essa saudade. Saudade que seja ser hipócrita já que nunca o tive.
O que me resta é te esperar.Isso ainda é um sonho, mas sinto.
Falta pouco para ser REAL.

Por: Indiane Souza

Nenhum comentário:

Postar um comentário